11/09/2018

Compra Londrina encontra empresas interessadas na licitação de R$ 16 milhões para preparo da alimentação escolar em 2019

Compartilhe

 

 

Marcelo Frazão

O Programa Compra Londrina convida empresas especializadas no preparo de refeições para conhecer novas informações sobre o futuro edital, a ser lançado pela Prefeitura de Londrina para contratação do serviço.         

O escopo da nova contratação prevê o preparo da alimentação, incluindo mão-de-obra e produtos para higienização das cozinhas em 120 escolas municipais e centros municipais de educação infantil de Londrina.

A Prefeitura estima a necessidade de fornecer 56.035 refeições diárias para os mais de 45 mil alunos municipais. O custo máximo do serviço orçado, até o momento, está em R$ 15.980.619,12 por ano.

O encontro com potenciais fornecedores da alimentação foi marcado para 18 de setembro, às 14h, na sede da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), centro da cidade.

A Secretaria Municipal de Educação vai apresentar detalhes para que as empresas do setor tenham tempo de se planejar para a abertura da licitação - o que deve ocorrer em novembro.

No lugar de apenas um grande lote do serviço para a cidade inteira, a nova licitação deve prever até quatro lotes, divididos por regiões da cidade (norte, sul, oeste e centro/leste). O novo formato possibilita até quatro empresas vencendo simultaneamente a disputa pelo serviço.

Hoje, o preparo da alimentação nas escolas municipais é feito pela empresa Sepat, de Joinville (SC), cujo contrato termina junto com o ano letivo de 2018. A nova empresa escolhida já começará no ano letivo de 2019. Mensalmente, a Prefeitura deposita quase R$ 1,3 milhão mensais para o pagamento da empresa de Santa Catarina.  

“Temos feito um grande esforço para conhecer o mercado local e incentivar as empresas de Londrina a participar das licitações do Município. Especificamente, esse é um contrato extremamente grande e que vale a pena ser disputado por qualquer empresa do país e, com certeza, pelas empresas do setor que existem na nossa cidade”, aposta o secretário de Gestão Pública, Fábio Cavazotti.

As empresas do segmento estão sendo convidadas por telefone, envio de e-mails, contatos com entidades representativas do setor e divulgação na imprensa por meio do Programa Compra Londrina.

Em junho, durante a primeira reunião pública sobre o tema, seis empresas de Londrina participaram do Encontro com Fornecedores.

No futuro contrato, as empresas que vencerem o serviço se obrigam a disponibilizar cozinheiras, lactaristas e técnicos em nutrição, em um total de 339 trabalhadores para cuidar da alimentação nas 120 escolas e centros de educação infantil municipais da cidade.

O planejamento dos lotes será apresentado pela Secretaria Municipal de Educação e tem as seguintes características:

Lote 1 - Região Norte – 26 unidades: 10.042 alunos, 13.092 refeições/dia, 71 cozinheiras, 3 lactaristas, 4 supervisoras.

Lote 2 - Região Sul – 35 unidades: 9.733 alunos, 14.319 refeições/dia, 81 cozinheiras, 7 lactaristas, 5 supervisoras.

Lote 3 - Região Oeste – 28 escolas: 9.527 alunos, 15.040 refeições/dia, 70 cozinheiras, 9 lactaristas, 4 supervisoras.

Lote 4 - Região Leste e Centro – 31 unidades: 9.480 alunos, 13.854 refeições, 71 cozinheiras, 10 lactaristas, 5 supervisoras.

Dúvidas sobre o encontro podem ser respondidas pela Secretaria Municipal de Gestão Pública, pelo telefone (43) 3372- 4015.

 

Encontro com Fornecedores Compra Londrina – Empresas de preparo de alimentação para a rede municipal de ensino

Dia 18 de setembro, 3ª feira, 14h

Sede da ACIL: Rua Minas Gerais 297, centro, 2º andar.