12/02/2021

Compra Londrina faz Oficina on-line para empresas interessadas em vender até R$ 5,8 milhões em alimentos para Prefeitura

Compartilhe

 

Dos 44 lotes de produtos, 30 são exclusivos para disputa por microempresas e empresas de pequeno porte

Marcelo Frazão A Prefeitura de Londrina abriu uma compra de até R$ 5.817.166,49 em produtos destinados à alimentação dos alunos nas escolas municipais e ao abastecimento de serviços públicos.

Para explicar como pequenos negócios de Londrina podem disputar a oportunidade, o Programa Compra Londrina realiza uma Oficina On-line nesta sexta-feira (12), às 14h. A licitação está marcada para 19 de fevereiro.

O Compra Londrina é uma aliança entre Prefeitura, Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), SEBRAE e Observatório de Gestão Pública de Londrina (OGPL) para estimular pequenos negócios locais a disputar licitações em órgãos.

Durante a Oficina, os participantes acessam explicações detalhadas sobre o Edital 24/2021, já publicado na página de licitações da Prefeitura.

“O treinamento sobre como vender produtos alimentícios para a Prefeitura é realizado pela internet na mesma plataforma usada para os pregões on-line, o que já ajuda as empresas a entender como tudo funciona”, afirma Marcelo Frazão, coordenador do Programa Compra Londrina. 

O treinamento e o pregão são realizados por uma videoconferência simples. 

Para participar é preciso ter um computador com vídeo e áudio e uma conexão estável. No caso do pregão, além dos equipamentos, também é preciso preparar os documentos de acordo com o edital.

Lista de produtos:

Na Oficina, as empresas podem solucionar todas as dúvidas sobre o preparo das informações e entender a disputa de preços entre os participantes. 

A lista de compras tem toneladas de alimentos e inclui produtos como feijão (preto e carioquinha), queijos, manteiga, pães, bolachas, maionese, amido de milho, farinha, fubá, ervilha, milho, chás, molho, de tomate e óleo, entre os principais. (consulte os links encurtados no final do texto para a íntegra).

Os produtos são divididos em 44 lotes, 30 deles exclusivos para pequenos negócios: só podem ser disputados por microempresas (MEs) e Empresas de Pequeno Porte (EPPs).

Dos lotes, dez são de produtos com especificidades como farinha sem glúten, adoçante dietético em pó, achocolatado dietético em pó, biscoito integral, pó para gelatina diet, bolachas de água e sal e bolachas de maisena sem lactose, macarrão sem ovos, geleias de frutas sem açúcar e leite em pó sem lactose, entre vários outros. 

Destinação

A maior “compradora” da Prefeitura é a Secretaria Municipal de Educação (SME), com R$ 5,5 milhões do total, visando ao abastecimento de 77 escolas municipais, incluindo a zona rural. A alimentação inclui cerca de 45 mil alunos. 

Nas demais secretarias, os produtos servem para projetos com famílias, crianças e adolescentes atendidos em unidades da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), como os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS e CREAS) em todas as regiões da cidade.

As empresas vencedoras precisarão entregar os produtos ponto-a-ponto - de forma semanal ou quinzenal. Por isso, a logística deve ser considerada na composição dos preços pelas empresas interessadas na disputa.

Inscrições para a Oficina on-line

Para participar do treinamento on-line, as empresas devem enviar uma mensagem para o telefone 9.9115-1110, confirmando a presença.

Às 14h do dia 12 de fevereiro, os inscritos podem acessar o link do endereço virtual do treinamento: bit.ly/of_vendaalimentos_pml.

Links úteis:

Endereço de acesso ao Edital 24/2021: bit.ly/pgvc024_alimentos

Endereço da lista de produtos e itens, com valores máximos: bit.ly/lotes_pgvc024_alimentos

Termo de Referência com informações de entrega: bit.ly/TR_pgvc024_alimentos

Sala do Programa Compra Londrina

 

Mais informações e imprensa: Marcelo Frazão, coordenador do Programa Compra Londrina - 43.9.9141-1750