09/11/2018

Procura-se empresa para fazer um vídeo lindo sobre Londrina

Compartilhe

Marcelo Frazão

 

Tem uma produtora de vídeo ou uma empresa que trabalha com gravações? Então essa é uma oportunidade para o seu negócio que, ao mesmo tempo, pode ajudar muito Londrina a se projetar.

 

A Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Compra Londrina, abriu uma licitação para contratar um novo vídeo institucional de divulgação da nossa cidade no país e no mundo. O Compra Londrina é uma parceira entre Prefeitura, Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Sebrae e Observatório de Gestão Pública (OGPL) para incentivar empresas da cidade a disputarem contratos públicos.

 

A licitação, modalidade pregão, tem valor máximo de disputa de R$ 30.216,18  e é exclusiva para microempresas (MEs) e empresas de pequeno porte (EPPs). Todos os detalhes da aquisição, com editais e anexos, podem ser consultados no site da Prefeitura no link bit.ly/videoLONDRINA.

 

A sessão de lances está marcada para 21 de novembro, às 13h, na Sala de Licitações da Prefeitura de Londrina.

 

O vídeo precisa ter duas versões: uma completa, de 5 minutos, e outra de 2 minutos para divulgação em redes sociais. Ambas devem ser narradas em inglês e português, com legendas em inglês e português, alternadamente. Além disso, devem ser entregues versões em inglês e português sem legenda. O vídeo precisa de trilha sonora e imagens aéreas em pelo menos 20% do material.

 

O último vídeo sobre Londrina é de 2004. Agora, o novo vídeo, coordenado pelo Instituto de Desenvolvimento de Londrina (IDEL), deve mostrar a evolução da cidade no período em três áreas: setor de turismo de eventos e negócios; na “indústria limpa”, com mais de 2200 empresas e startups no segmento de Tecnologia da Informação (TI); e o ambiente promissor de negócios em áreas como educação, saúde e medicina e agronegócio.

 

Além de dados gerais e históricos de Londrina, no contexto do vídeo devem ser consideradas nossas principais referências: ativos ambientais (como a Mata dos Godoy, Igapó, Jardim Botânico), ativos culturais, com 13 festivais como o Filo e o Festival de Música de Londrina, as artes urbanas, o setor gastronômico local, instituições de ensino e pesquisa - como a Universidade Estadual de Londrina (UEL), Embrapa, Iapar - o Aeroporto dentro da cidade e a rede hoteleira com 7 mil leitos, os espaços públicos e de lazer e os ativos sociais que tornam Londrina uma das cidades mais acolhedoras do país. 

 

A matéria-prima para expor a cidade na “vitrine do mundo” segue com diversos indicadores, como por exemplo, o ranking da Endeavor (2017), que qualificou Londrina como a 13ª Cidade mais Empreendedora do Brasil, 7ª no ranking de Cidades mais Empreendedoras do Brasil com Ambiente Regulatório favorável, 7ª em relação ao capital humano e a 12ª considerando Infraestrutura. 

 

“O vídeo apresentará Londrina do ponto de vista institucional e estratégico, evidenciando como somos abertos e atrativos para eventos, visitantes, negócios e investimentos nacionais e internacionais. Vamos utilizá-lo em feiras, congressos, missões de negócios em outras cidades ou para interessados que querem descobrir o que Londrina tem de melhor. Com informações atuais e de impacto, podemos mostrar nossa cidade para o país e para o mundo e justificar o porquê de fazer investimentos aqui. Com certeza é um instrumento que pode nos levar ao próximo nível”, aposta Maitê Morgana Uhlmann, diretora de turismo do IDEL.

 

Em breve, a Prefeitura também deve abrir a contratação da elaboração e impressão de um showcase institucional em formato de livro sobre a cidade – também com o objetivo de divulgar Londrina.